quarta-feira, 14 de março de 2007

Dia de Maria





Hoje vai ter uma festa
E eu não vou participar
A dona do dia de hoje
Tá em Fortaleza, no Ceará

Quando tudo começou
Foi ela quem veio
Chegou num envelope branco
Trazida pelo Correio

Eu já gostei do jeito dela
Mesmo sem conhecer
Peguei um envelope igual
E comecei a escrever

Mesmos gostos, mesmos sonhos
Jornalismo e Publicidade
Entre um envelope e outro
Nasceu uma grande amizade

Quando a gente se encontrou
Nem parecia o primeiro
Aquilo era entrosamento
De que criou-se no mesmo terreiro

Sobre amores e projetos
Temos uma a outra pra contar
Até um livro já escrevemos
Quem de nós vai duvidar?

Sensatez e bons conselhos
Palavras e sabedoria
Não podia ter outro nome
Tinha mesmo que ser Maria

Hoje eu estou aqui
Mas meus pensamentos com ela estão
Não posso participar da festa
Mas comemoro no meu coração

Não sei escrever em verso
Mas o faço pelo aniversário
Vigésimo segundo jubileu
De uma amiga do caralho


Foto: ela e eu lá em Ouro Preto.