sexta-feira, 22 de junho de 2007

Aquele do diálogo trilíngüe

Numa noite gélida, Rumenigue e Fernanda se encontram na Praça da Savassi.


Rumenigue Marchioro (em italiano) diz: Vou ficar falando em italiano à noite inteira.
Fernanda Piño (em espanhol) responde: Sim, você em italiano, eu em espanhol. Bom que a gente vai praticando.
(...)
(blábláblá)
(...)

Rumenigue Marchioro (em italiano) diz: Então quando a gente encontrar a Kelly vamos continuar falando assim.
Fernanda Piño (em espanhol) responde: Isso, sem dar maiores explicações. Vamos ver como ela reage.


E aí seguimos, iludidos, achando que a Kelly iria se abalar com nossa brincadeira. Até a encontrarmos e...



Rumenigue Marchioro (em italiano) diz: Ciao, bambina...blábláblá...
Fernanda Piño (em espanhol) diz: Hola, qué tal? Que pasa, Chica? Blábláblá..
Kelly (com a maior sacada do mundo) responde: Ora pois, estou a esperar vocês a duas horas.


Nos desarmou incorporando, em um segundo, um sotaque português. Por isso que eu adoro, vai ser espirituosa assim lá em Portugal.




Hoje é aniversário dessa chica louca. Parabéns, Kelly Regina Falange.