quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Bom dia, 2008!

Voltei! Mais um ano. Hora de começar de novo. E recomeço aqui no blog com template modificado (notaram?) e este post que é...

...sobre as peculiaridades das pessoas que me cercam:

Peculiaridade 1:
Personagem: minha mãe
Minha mãe gosta de dar nomes a coisas em geral - peculiaridade, inclusive, herdada por minha irmã, que em vez de chamar seu travesseiro de...travesseiro, o chama de João. Mas, dentro deste contexto o que eu acho peculiar mesmo é o fato de minha mãe chamar o seu carro pelo singelo apelido de Baratinha Azul. Criativo e tal. Mas minha mãe tem um Corsa. E é cor de vinho.

Peculiaridade 2:
Personagem: Kelly, amiga da minha irmã e, por conseqüencia, minha amiga
Ela tem várias peculiaridades, como, por exemplo o jeitinho de falar que é só dela. Mas quero destacar uma situação: um fim de semana num sítio. A casa lotada e aquela cena típica na hora de dormir: colchões espalhados por todos os lados e as pessoas se ajeitando de qualquer jeito. Kelly faz o mesmo. Porém, vai se deitar com o cabelo devidamente escovado, uma leve maquiagem e sutiã por baixo do pijama. Ao ser questionada sobre o motivo da produção, ela responde: "é que se acontecer um imprevisto na madrugada eu não vou ficar constragida de sair correndo pela casa". Fiquei imaginando - eu e minha mente fatalista - a casa pegando fogo e ela correndo e pensando: "pelo menos estou de sutiã".

Peculiaridade 3:
Personagem: Lili, minha amiga
Peculiar por natureza, no primeiro dia do ano, Lili me falava, por telefone, algumas de suas resoluções para 2008. Entre elas, estava deixar de comprar coisas que não são, digamos, muito necessárias. Minutos depois ela me liga novamente e pede para eu consultar no site da Saraiva o andamento de uma compra que ela havia feito on-line, já que ela estava num lugar longíquo, sem Internet. Fui lá fazer a consulta e, para minha surpresa, um dos produtos comprados por Lili era: "Florais de Bach para animais". Eu não sei se é o fato de eu não ter animais, mas eu realmente não compreendo o que leva uma pessoa a fazer uma compra dessas. E virtual ainda. (Ela também tinha comprado um Manual de Massagem Chinesa, mas isso eu achei legal). Mas, justiça seja feita, a compra foi feita em 2007. Então, ela ainda não falhou com sua resolução. Eu espero.