quarta-feira, 10 de setembro de 2008

De porque sou feliz

Informação pré-post: daqui a 15 dias é meu aniversário.

O post:

Chego em casa, no fim da tarde, depois de um árduo dia de trabalho na fábrica da montadora de carros italiana para a qual presto alguns serviços. Enquanto subo a rua da minha casa - debaixo de um sol rachando, toda de preto, de salto (argh!) -, contabilizo tudo de trabalho que tenho para fazer até o fim do mês (e chego à conclusão de que trabalharei todos os dias de setembro, inclusive, finais de semana). Na porta do meu prédio, me encontro com meu pai, que anuncia: "fiquei a tarde inteira recebendo encomendas suas"*. "Que encomendas, pai?", pergunto. "Não sei, vai lá ver".

Chego no meu quarto e quatro pacotes estão sobre a minha cama. Um é da Biocolor (a tintura de cabelo), que me mandou um espelho de brinde. Os outros três são do Submarino. "Como assim? Eu não comprei nada?". Eu, que já fui mais otimista, começo a abrir um dos pacotes já imaginando que se tratava de um erro e eu teria de pagar por uma compra que não fiz. No primeiro pacote, um DVD. "Edward, Mãos de Tesoura". ADORO! Estou tão desorientada que nem percebo que tem um cartão ali. Abro o outro pacote. Outro DVD. "Em Busca da Terra do Nunca". AMO! Abro o terceiro e quase morro. Outro DVD! "Alfie - O Sedutor". UAU!!! E mais dois livros! "Almanaque dos Anos 80" e "Uma Vida Inventada", da Maitê Proença. DEMAIS!

Então, eu concluo que essa compra está a minha cara demais para ser um engano. Reviro os pacotes e eis que surgem os cartões. Quem, senão ela? Jujú Preto! Minha amada amiga-irmã resolveu antecipar as comemorações do meu aniversário. Super-surpresa!!!! Achei lindo, fiquei emocionada, grata. Orgulhosa de ser merecedora de uma amizade assim (não estou falando de presente, não. Estou falando dela fazer um interurbano no meio da tarde para me ouvir chorando).

O que a gente faz com uma pessoa dessas? Eu ofereço minha amizade eterna. E nem sei se é o bastante.

Afilhada, te amo demais! (Você fez um dia chato ficar todo colorido. É basicamente o que você faz na minha vida. Assim, num contexto macro!).



*Percebam a falta de logística do Submarino: eles entregaram um pacote de cada vez!