terça-feira, 31 de março de 2009

Recolhendo os brinquedos: cansei se brincar!

Sabe, eu tô cansada e as próximas linhas soarão repetitivas e clichês porque o que mais têm no mundo é gente cansada e insatisfeita. Tô cansada de gente que se acha no direito de interferir arbitrariamente na vida das pessoas com as quais não têm a menor intimidade. Tô cansada de ser a garota legal que escuta pacientemente piada infame, desabafo de namoros passados e conversas fiadas em geral. Tô cansada de fazer esforço pelas pessoas e não ver ninguém - além da minha mãe - mover uma palha por mim. Tô cansada de acreditar na lei da atração, no pensamento positivo e na força das palavras. Tô cansada de dizer aos outros que vai ficar tudo bem, e acreditar nisso. Mas não acreditar que possa ficar tudo bem na minha própria vida. Tô cansada de homem me dizer que quer ser meu amigo pra sempre. Quantas vezes eu vou ter que repetir que estou feliz o bastante com os amigos que já tenho? Tô cansada de escutar elogios sobre as minhas pernas, a minha barriga, as minhas tiradas e o meu senso de humor, mas não ouvir de uma criatura, que seja, qual, afinal de contas, é o meu problema? Tô cansada de não ter o direito de me apegar a ninguém. Tô cansada de fingir que tá tudo bem. Tô cansada de esconder minha realidade terrivelmente romântica por trás dessa carcaça descolada. Tô cansada de destilar as minhas verdades nos meus textos, com medo de parecer uma louca-neurótica-chata caso descarregue tudo isso em alguém. Tô cansada de esperar que alguém me pergunte se eu quero conversar e ninguém fazer isso. Tô cansada de conhecer gente, começar tudo de novo. Tô cansada dessa vontade de cafuné. Tô cansada das pessoas de sempre, comentendo os erros de sempre, e não me levando a lugar algum, como sempre. Tô cansada de gente que já foi mas insiste em voltar. Tô cansada de sempre arrumar companhia nas festinhas, mas continuar indo ao cinema sozinha. Tô muito cansada de saber que muita gente irá se identificar com esse texto. Tô cansada de viver num mundo onde o que mais tem é gente cansada e insatisfeita.

O cansaço é tão legítimo que nem de TPM eu estou.
Uma foto do Dudu, meu primo, para encerrar paradoxalmente. Posso brincar com ele por 24 horas seguidas que não me canso. Tem como sofrer olhando pra um sorriso desses?