segunda-feira, 2 de março de 2009




Se me perguntar o que eu quero de você, tenho a resposta na ponta da língua.
Se me perguntar onde eu quero você, tenho a resposta. Na ponta da língua.