quinta-feira, 29 de abril de 2010



O que é a TPM?


Todos os meses, algo acontece.

O ciclo menstrual está totalmente integrado à natureza da mulher. Ele faz parte da vida, é um fenômeno de renovação que se manifesta com sabedoria e regularidade no corpo. (A natureza humana que me desculpe, mas menstruação, dente siso e apêndice são as provas cabais de que nossa evolução física ainda não está concluída. Mental, então, nem se fale).

Mas algo mais pode acontecer: a TPM – Tensão Pré-Menstrual –, um conjunto de sintomas associados ao ciclo menstrual, especificamente em sua fase pré-menstrual. (Pode acontecer! Não é que tenha que acontecer. A menos que você se chame Fernanda Pinho Barbosa).

Recentemente, a Organização Mundial da Saúde classificou a TPM como uma síndrome, pois ela envolve não apenas o lado emocional, mas também sintomas físicos. (Concordo. Embora meu único sintoma físico, além da famigerada cólica, é que eu fico com muita mais força que o habitual, para o caso de eu resolver bater em alguém).

Por que a TPM acontece?

Seu corpo muda. Seu humor também se altera. Até pensar fica difícil. Você sofre.

Existem várias hipóteses para o aparecimento da TPM: alterações hormonais, mudanças que esta fase provoca na transmissão dos impulsos nervosos do cérebro, características genéticas e diversas outras possibilidades. (Acho que, no meu caso, acontecem alterações hormonais, mudanças que esta fase provoca na transmissão dos impulsos nervosos do cérebro, características genéticas e diversas outras possibilidades).


Quais são os sintomas da TPM?

A TPM pode provocar uma série de sintomas físicos e emocionais. Passar por eles nem sempre é fácil. Eles podem apenas ser um pequeno incômodo.Ou provocar um afastamento do trabalho, uma falta na escola ou deixar difícil a vida em família.

Sintomas emocionais

- Depressão

- Ansiedade/Tensão

- Alterações de humor

- Irritabilidade

- Interesse diminuído nas atividades dia-a-dia

- Dificuldade de concentração

(Resumindo: vontade de mandar todo mundo pra puta que pariu, se arrepender dois minutos depois, chorar e comer como...como qualquer coisa que coma muito. Estou de TPM, não me force a fazer uma boa metáfora).


TPM impacta na qualidade de vida


É uma longa estrada. Você não está sozinha nesse caminho. Estudos afirmam que 85% das mulheres sentem algum tipo de desconforto físico, emocional ou comportamental relacionados ao ciclo menstrual, especialmente na fase pré-menstrual. (Toca aqui, amigas).

Nas mulheres que apresentam TPM, os sintomas na fase pré-menstrual começam por volta dos 14 anos de idade e terminam no climatério, mais ou menos aos 50 anos. Como esses sintomas estão presentes em média 6 dias de cada ciclo, as mulheres sentirão desconforto por aproximadamente 2.800 dias, ou entre 7 e 8 anos de sua vida! (Dois mil e oitocentos dias de TPM...Dois mil e oitocentos dias de TPM...Dois mil e oitocentos dias de TPM...Dois mil e oitocentos dias de TPM...Enfim, um grande suplício que você pode agravar caso resolva ler um artigo sobre o tema).