quarta-feira, 18 de abril de 2012

No alto de Santiago


No último domingo, mesmo dia da Fiesta de Cuasimodo, me encontrei com a Renata. Uma amiga de Divinópolis (MG), que estava de passagem por Santiago. Aproveitamos a visita dela para matar a saudades de falar em português face to face para visitar o Cerro San Cristóbal. É lá que está localizada a imagem da Virgen Inmaculada Concepción.

Chamada de  "el faro de Chile", "la Madre de Santiago" e "la que cuida la ciudad", a imagem, localizada no alto de um morro de onde se tem uma linda vista da cidade, induz nos brasileiros uma compração imediata com o Cristo Redentor. Claro! Será que uma imagem inspirou a outra? Os chilenos se defendem. A Virgen foi inaugurada em 1908, e o Cristo em 1931. Tá bom vai, o Cristo chegou atrasado mas tem uma visão mais privilegiada (preciso defender o Brasil).

Mas, atenção, não estou dizendo que não vale a visita. Vale demais (por falar em valer, tem que pagar 4 mil pesos por carro, para entrar. Algo como R$ 16).