sexta-feira, 20 de abril de 2012

Vamos jantar num brasileiro?


Quarta-feira decidimos ir comemorar* num restaurante chamado Rincón Brasileiro. Um rodízio de carnes, com comida brasileira, como sugere o nome. O nome, a decoração, as músicas. Imagine uma caricatura do Brasil. É esse lugar. As paredes pintadas de verde, com motivos amazônicos-baianos-pantanenses, exibem imagens de índias nuas, vitória-régia, onça pintada, tucano, capoeira. Enfim, essa coisa louca toda embalada pelo axé dos idos de 1995, dos tempos em que o É O Tchan chamava Gera Samba. Achei a música, aliás, um pouco alta demais, nem conseguia ouvir o que o tio Bonner falava. Sim, sim. Tinha uma TV ligada na Globo. 

Mas como eu não fui para ouvir música nem para apreciar a paisagem, deu para curtir o jantar. Carnes, buffet, serviço e preço honestos (11 mil pesos por pessoa. Algo como R$ 45). Ainda matei a saudade do feijão preto (nunca pensei que eu fosse ficar emocionada ao ver uma panelinha de feijão). 

Enquanto escrevia o post, descobri que o lugar tem site. Aumenta o som e curta muito a Ana Carolina: www.rinconbrasileiro.cl


* Comemorar o que? Ah, desde quando precisa de motivo? =)