domingo, 27 de maio de 2012

Moro num país glacial

Praia no Brasil:


Praia no Chile:




Captaram? Se te convidarem para ir para a praia aqui no Chile, pegue seu casaco, sua botinha e vai na fé. Pelo menos em Algarrobo, a praia onde estou nas fotos (a 100 km de Santiago) as temperaturas sempre estão consideráveis graus abaixo da capital. Ou seja, ao contrário do que ocorre no Brasil, aqui não tem isso de quanto mais perto da praia mais quente. Claro, estou sendo um pouco exagerada. No verão eu consegui ir nessa mesma praia de biquíni. Mas entrar no mar? Sem chances. As águas do Pacífico são cortantes de tão gélidas. Caminhar no calçadão à noite de shortinho e camiseta? Nem pensar. Pode até fazer um calorzinho durante o dia, mas o frio da brisa marítima noturna é implacável. 

Possivelmente é por conta dessas características climáticas que muitos nativos ficam rolando na areia de calça jeans mesmo e devidamente equipados com barracas (sim, de camping) a fim de se protegerem das brisas geladinhas.

Quem me conhece deve estar pensando que eu, fanática pelo calor, odiei a praia chilena. Mas quer saber? Não odiei não. Praia é praia, mar é mar (ainda que o mar em questão seja o temperamental Pacífico - aliás, esse nome é a maior incoerência que existe, né?), e sempre vale a pena encarar um friozinho para desfrutar de paisagens tão lindas.