quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

#2013 Por onde andei

Quando eu criei este blog eu estava com muitas ideias de coisas sobre as quais escrever, mas como estou sem criatividade, inspiração, paciência tempo vou deixar para digamos, abastecer meu bloguito com uns temas mais fáceis e deixar essas conversas para depois. 

Decidi fazer algumas retrospectivas e começo pelas viagenzinhas. Este ano não tive oportunidade de viajar de férias, porque durante as minhas férias minha família foi me visitar no Chile (o que, de qualquer forma, foi ótimo). Mas entre um feriado e outro, realizei algumas vontades.

1 - Rio de Janeiro

Todo mundo sabe, ou deveria saber, afinal isso é muito relevante pra humanidade, que eu sou louca, alucinada pelo Rio. Por isso, tinha muita vontade de levar o Osvaldo lá, já que ele ainda não conhecia a cidade. Resultado: ele foi, ficou louco e alucinado também e agora estamos desesperados por um tempinho pra voltar. 

O melhor: Andar no bondinho do Pão de Açúcar e ir na Confeitaria Colombo, que eram duas coisas que eu nunca havia feito.
O que faltou: Subir ao Cristo. Como eu já havia ido ao Cristo e o tempo era curto, priorizamos os passeios inéditos para os dois. Mas na próxima, com certeza, iremos.






2 - Buenos Aires

Depois que arranjarmos um tempo pra voltar ao Rio, teremos de arranjar outro para voltar a Buenos Aires, embora a gente tenha conseguido condensar todos o programas turistões na nossa curta estadia na cidade.

O melhor: O espetáculo de tango no Señor Tango. Foi o melhor porque foi o que mais me surpreendeu. Nunca tive nenhum apreço especial por tango e, simplesmente, terminei o espetáculo em lágrimas de emoção. Pena que fotos e filmagens eram proibidas. Mas tampouco conseguiriam transmitir a beleza do show.
O que faltou: Sal de frutas depois de jantar no Siga La Vaca. Com tantos restaurantes em Puerto Madeiro, aparentemente escolhemos o pior.






3 - Farellones y Valle Nevado

Não pode ser nem considerado uma viagem, já que essas estações de esqui estão superperto de Santiago. Mas vale o registro pois foi quando realizei meu sonho de conhecer a neve.

O melhor: Eu tive sorte pois justo nesse dia nevou, o que só aumentou meu encantamento. Afinal, eu só esperava ver a neve que já estava lá, mas ainda tive a oportunidade de vê-la caindo!
O que faltou: Nada. Na verdade sobrou. Sobrou neve, pois o que aconteceu foi uma nevasca que nos deixou por inacreditáveis sete horas presos na estrada, em uma temperatura delícia de menos doze graus. Mas tudo bem, eu estava realizando um sonho então nem reclamei. =)






4 - San Pedro de Atacama

Eu sei, quem conversa comigo já não me aguenta mais ouvir falar de Atacama, mas depois de dois meses, sigo em estado de encantamento (inclusive, já escrevi sobre e postei outras fotos aqui). Nem dá muito para tentar explicar. Apenas vá, se tiver a oportunidade.

O melhor: Laguna Cejar, pelo visual e pela oportunidade ímpar de flutuar em suas águas densas. De longe, meu passeio preferido.
O que faltou: Muita coisa, há muito o que fazer por lá. Mas o que eu senti de não ter feito foi o passeio pelas Lagunas Altiplanicas. 






Viajar sempre fará parte da minha vida com o Osvaldo. O que é ótimo mas, ao mesmo tempo, nos impede um pouco de...viajar! Parece papo da louca da madrugada, mas é exatamente isso que estou querendo dizer. Se estamos morando em Santiago, temos vontade e obrigação de viajar para Belo Horizonte. E agora, o contrário também procede. Por questões de tempo e dinheiro, isso acaba diminuindo nossas possibilidades de ir para outros lugares. Por isso dou muito valor a cada uma das nossas pequenas escapulidas, e espero que venham muitas por aí!